Bíblia do Caminho Súmulas Biográficas

Padre Victor


Cônego Francisco de Paula Victor nasceu em Campanha, MG, a 12/4/1827. Ordenado padre em 1851, residiu um ano em Mariana e, a seguir, assumiu a paróquia de Três Pontas, MG, onde permaneceu até o seu falecimento, a 23/9/1905. Fundou e dirigiu o Colégio Sagrada Família, para alunos internos e externos, na época o mais conceituado da região. A cidade de Três Pontas, reconhecida ao devotado e caridoso sacerdote, reverencia a sua memória até os dias atuais. Lá encontram-se uma Praça e um Grupo Escolar com o nome “Cônego Victor”; e na sua herma, erguida nessa mesma praça, inscreveram três frases que sintetizam a obra missionária deste sacerdote: “Sua vida foi um evangelho. Sua memória, a sagração eterna de um exemplo vivo. Homenagem ao valor e à virtude.” ( † )


“Ele veio para Três Pontas ainda moço, logo após sua ordenação. Dois trespontanos beneméritos haviam legado, para a obra de assistência social, a enorme área que ocupava todo um quarteirão, com frente para a praça da Matriz, ostentando nessa frente o casarão imenso. (…) ficou aquele prédio destinado a estabelecimento de ensino, a antiga Escola Normal, por ele dirigida. (…) A mansão de Padre Victor transformara-se numa espécie de santuário, de templo de saber, da educação de jovens, de moços e moças. Ali, a pessoa venerada e veneranda daquele que atualmente é considerado o santo de Três Pontas, passou toda a sua longa existência terrena, desdobrando-se não somente nos setores de sua missão de sacerdote, como ainda de professor, de educador, de assistente dos lares, das famílias, das pessoas ricas e pobres, como era habitual entre os cristãos dos primeiros séculos.” (Tópicos de um artigo de João Corrêa Veiga para a Revista Comemorativa do 121º Aniversário de Três Pontas, 1978.) ( † )



Vide no livro “Chico no Monte Carmelo” O patrono Padre Victor — Mensagem de Francisco de Paula Victor.


.

Abrir