Bíblia do Caminho — Biografias

(Website) (Website)

 

Emílio Kemp

 

 

EMÍLIO KEMP Larbeck — Depois de realizar seus estudos primários e secundários em Niterói, diplomou-se pela Faculdade de Medicina do Paraná, em 1920. Jornalista, poeta, romancista e comediógrafo. Exerceu importantes cargos técnicos e administrativos em Porto Alegre. Assumiu a direção, em 1913, do tradicional Correio do Povo, dessa mesma cidade. No Rio de Janeiro, foi redator de alguns jornais e colaborou nas revistas simbolistas. Membro da extinta Academia de Letras do Rio Grande do Sul e da Academia Fluminense de Letras. Diz: A. Muricy (Pan. Mov. Simb. Bras., II, página 176) que E. Kemp era considerado “um dos melhores poetas do Rio Grande do Sul”. (Niterói, Estado do Rio, 9 de Outubro de 1873 * — Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 9 de Outubro de 1955.)

BIBLIOGRAFIA: Poesia; Matinal; Luz Suprema; Cantos de Amor ao Céu e à Terra; etc.

 

(*) Emílio Kemp é natural do Estado do Rio de Janeiro, mas esteve vinculado, cerca de quarenta e cinco anos, à imprensa e às letras riograndenses. Se este ponto está plenamente confirmado, o mesmo não se pode dizer do ano de nascimento do poeta. A data por nós registada baseou-se em estudos e comparações que realizamos no Correio do Povo de 11 de Outubro de 1955, pág. 7; na obra Contemporâneos Interamericanos, redigida por E. Hirschowicz, pág. 507; no Colar de Pérolas, de A. Gonçalves, pág. CIX; e no Jornal do Commercio, do Rio de Janeiro, de 12 de Outubro de 1955, seção que regista os falecimentos. (Ani)