Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Vinha de luz — Emmanuel


148


Membros divinos

“Ora vós sois corpo do Cristo e seus membros em particular.” — PAULO (1 Coríntios, 12.27)


1 Não é admissível que alguém entregue o espírito à direção do Cristo e a veste corporal aos adversários da Luz Divina.

2 Muitos crentes transviados realizam estações de prazer, nos continentes do crime, e exclamam, inconscientes: — “Hoje, meu corpo atende a fatalidades do mundo, mas, amanhã, estarei na igreja com Jesus.”

3 Outros, depois de confiarem a mocidade à tutela do vício, aguardam a decrepitude, a fim de examinarem os magnos problemas espirituais.

4 Existem, igualmente, os que flagelam a carne, através de mortificações descabidas, supondo cooperar no aprimoramento da alma, empregando, para isso, tão somente alguns fenômenos de epiderme.

5 Todos os aprendizes dessa classe desconhecem que a vida em Cristo é equilíbrio justo, encarnando-lhe os sentimentos e os desígnios, em todas as linhas do serviço terrestre. Paulo de Tarso assevera que somos os membros do Mestre, “em particular”.

6 Onde estivermos, atendamos ao impositivo de nossas tarefas, convencidos de que nossas mãos substituem as do Celeste Trabalhador, embora em condição precária.

7 O Senhor age em nós, a favor de nós.

8 É indiscutível que Jesus pode tudo, mas, para fazer tudo, não prescinde da colaboração do homem que lhe procura as determinações. Os cooperadores fiéis do Evangelho são o corpo de trabalho em sua obra redentora.

9 Haja, pois, entre o servo e o orientador legítimo entendimento.

10 Jesus reclama instrumentos e companheiros. Quem puder satisfazer ao imperativo sublime, recorde que deve comparecer diante d’Ele, demonstrando harmonia de vistas e objetivos, em primeiro lugar.


.Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir