Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Verdade e amor — Autores diversos


Capítulo 30


Fortaleza, Deus te abençoe!

Fortaleza (Ce), 25 de janeiro de 1943. n


1 Cantando hosanas na alma agradecida,

Sentindo as luzes de outra natureza,

Venho até vós, trazendo a Fortaleza

Minha grande saudade comovida.


2 Nesta terra de sonho e de beleza,

Onde a bondade é fonte irreprimida,

Encontrei reconforto à minha vida,

Embora a sombra, a lágrima, a aspereza…


3 Nestes campos de paz e de esperança,

As árvores do bem e da abastança

Frutificam sem sombras e escarcéus…


4 Fortaleza, que DEUS te ampare ao colo,

Desde as pedras que brilham no teu solo,

Às estrelas que fulgem nos teus céus!

Eugênio Detalonde



[1] Consta de Reformador de abril de 1943, segundo informações de L. Bastos, quem enviou a mensagem ao periódico, que o Espírito comunicante foi juiz de Direto, já há 15 anos desencarnado naquela capital. Chico Xavier psicografou o soneto em 25 de janeiro de 1943, em Fortaleza, Ceará, numa sessão de grupo espírita daquela cidade.


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir