Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Retratos da vida — Cornélio Pires


9


Assunto de paixão

   1 Você deseja notícias,

  Meu caro Juca Simões,

  Sobre o que existe no Além

  Ante a luta das paixões.


   2 O assunto do seu pedido,

  Quanto ao que busca saber,

  É tão fácil de sentir,

  Tão difícil de escrever!…


   3 Reconhecemos: o amor

  É luz em todo ser vivo,

  Mas quando vira paixão

  É processo obsessivo.


   4 Há paixões de toda espécie,

  Por encargos, por dinheiro,

  Por mando, posse, vingança,

  Rolando no mundo inteiro.


   5 Mas a paixão propriamente,

  Tal qual é justo supor,

  É aquele calor que surge

  Por labareda do amor.


   6 No começo é uma faísca,

  Com clarão vago e miúdo,

  Depois é fogo crescendo,

  Incêndio que arrasa tudo.


   7 A pessoa nessa prova

  Vagueia tonta e insegura,

  Pode enrolar-se no crime,

  Quanto cair na loucura.


   8 Veja a tragédia de Alvina,

  Apegou-se ao Filomeno,

  O moço quis Nominata,

  Alvina foi-se a veneno.


   9 Eugênio amava Tintina,

  Tintina escolheu João Massa,

  Só por isso o pobre Eugênio

  Vive hoje de cachaça.


   10 Contrariado no amor,

  Dedicado à Gabriela,

  Excitado, o Longimano,

  Deu dois tiros no pai dela.


   11 Você recorda decerto,

  O nosso Quinquim da Areia,

  Matou Ziziu por ciúme

  E afundou-se na cadeia.


   12 Recusado por Tininha,

  Irvalmo arrasou Clemente,

  Depois disso, exasperado,

  Enlouqueceu de repente.


   13 Outra cousa, veja esta:

  Nessas mortes por paixão

  Aparece grande parte

  Dos casos de obsessão.


   14 Ninita por desprezar,

  Matou Gil de Saramenha,

  Mas sem corpo Gil a segue

  Como fogo atado à lenha…


   15 Sertório morreu aos poucos,

  Envenenado por Zuma,

  Sertório desencarnado

  Não a deixa hora nenhuma.


   16 Joana desfez-se de Antero

  Para entregar-se ao Fontana,

  Mas o Espírito de Antero

  Vive ligado com Joana.


   17 Segundo todos sabemos

  Cada qual vive por si,

  Cuidado!… Foge à paixão

  Que a paixão é isso aí…


   18 Se você gosta de alguém,

  Recorde: amor não reclama,

  Não prende, nem sacrifica

  E ampara sempre a quem ama.


   19 Não procure ser amado

  Ame e abençoe por dever,

  Mantenha sinceridade

  E deixe a vida correr.


   20 Paixão é cousa da sombra,

  Dor que a si própria maldiz,

  Mas o amor é luz de Deus,

  Amor é a vida feliz.


.Cornélio Pires


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir