Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Realmente… — Autores diversos


10


Amor

1 Todo amor é pleno de grandeza

Pelas considerações da natureza,

Mas o Senhor juntou a Lei da Fidelidade,

Para perpetrar-lhe o valor e guardar-lhe a felicidade.

Com marcas de dedicação e de certeza.


2 A força do amor desceu às plantas,

Criaturas inocentes, fracas e santas

E elas são tantas, tantas, tantas…

A mamoeira sentiu as energias do mamoeiro.

E pediu ao vento brando lhes trocasse as essências

Transformou-se lhes as existências,

O mamoeiro protegeu a mamoeira

E ela produziu muitos mamõezinhos

Até que fizeram grande mamonzal…


3 Assim é a vida.

O homem encontra a companheira que o atrai

A mulher muda os próprios trilhos

E unidos produzem filhos, muitos filhos,

Sempre juntos na gentileza e na bondade.


4 Construindo o que chamamos sociedade,

Para os dois, a vida se lhes faz maior bonança.

O homem recebe do Senhor o pão de cada dia,

E ela conserva-lhe o ânimo e a alegria.


5 Mantendo-se na Lei da Fidelidade

E, por vezes, se lhes vem dificuldade,

A ponto de sentirem na própria união, pesada cruz,

Ela conserva o companheiro,

Sempre na alegria e feliz, sempre a servir e a trabalhar.


6 E assim nos dias de dor e menor felicidade,

Abraçam-se e oram no encanto a que o amor sempre os conduz,

E eles vencem tristeza, desenganos, depressão

Ajudando-se um ao outro tudo vencerão.


7 E na coragem que o amor que une e que a palavra não traduz,

Continuam garantindo a fidelidade.

Encontrando nisso amor e felicidade

Construindo em dupla a grande e santa humanidade,

Que será na terra a família de Jesus.


.Cornélio Pires



(Página recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier, na noite de 27/06/1998, em reunião pública no Grupo Espírita da Prece — Uberaba — MG)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir