Bíblia do CaminhoTestamento Xavieriano

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Plantão da paz — Emmanuel


7


Verdade em amor

1 Em nome da Verdade, poderia o Senhor ter ordenado medidas aos emissários celestes para que um berço de luz lhe fosse tecido nas culminâncias do mundo social de há vinte séculos; mas, em nome do amor, preferiu a Manjedoura para entrar na Esfera dos homens, de modo a servi-los sem ofuscar-lhes a pequenez.

2 Em verdade ser-lhe-ia lícito requisitar as escolas mais cultas para brilhar na meninice, entre as criaturas terrestres; mas, por amor, confiou-se ao rude trabalho na oficina de Nazaré.

3 Em verdade, poderia exigir do sacerdócio do seu tempo a cátedra de orientador a que tinha direito; entre- tanto, por amor, buscou velhos barcos de pescadores humildes para com eles argamassar a epopeia da Boa Nova nascente.

4 Em verdade, possuía recursos para excluir Madalena da assembleia dos seguidores, atirando-lhe ao rosto a sua condição de obsidiada por sete gênios sombrios; entretanto, por amor, destacou-lhe as sublimes qualidades ocultas, dela fazendo a mensageira de sua própria ressurreição.

5 Em verdade, poderia eliminar Simão Pedro do colégio de aprendizes, em face da deserção de que o amigo vacilante fornecera testemunho, à frente do martírio que significava aparente derrota; no entanto, por amor, erige no apóstolo inesquecível o luzeiro do Evangelho renovador.

6 Em verdade, poderia fugir aos tormentos da cruz, negando-se à condenação descabida que o categorizava à conta de malfeitor vulgar; mas, por amor, aceita a flagelação e a morte para guiar-nos à construção da verdadeira felicidade.

7 Em verdade, nada mais cabível do que afastar-se, em definitivo, dos amigos frágeis e dos beneficiários indiferentes do mundo, depois da morte, e desfrutar nas Esferas Superiores os talentos da Ventura Perfeita; mas, por amor, retorna ao ambiente das criaturas que o haviam abandonado, para afirmar-lhes que seria o companheiro constante e o amigo incondicional até o fim dos séculos.


8 Se procuras acender a luz da verdade, não te esqueças que o amor é o único veículo capaz de convertê-la em alegria e alimento de nossas almas na ascensão para a Vida Maior.


.Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir