Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Paz e renovação — Autores diversos


5


Raciocínio espírita

1 Servir onde estivermos e tanto quanto pudermos será sempre o programa para qualquer de nós os tarefeiros encarnados e desencarnados do Evangelho —, na faixa de trabalho em que nos situamos.

2 A Lei do Senhor compreende perfeitamente que disponhas de casa confortável, tão confortável quanto queiras, mas sem relegar à nudez os irmãos esfarrapados que te cruzam a porta;

  3 que te banqueteeis, tanto quanto desejes e com quem desejes, mas sem largar o vizinho morrendo à fome por falta de pão;

  4 que te movimentes de carro, tanto quanto te proponhas, mas sem fugir de auxiliar os companheiros do caminho para que não vivam descalços;

  5 que ajuntes o dinheiro, por meios justos, no tamanho de teus ideais para o sustento de tuas realizações, mas sem negar aos irmãos em penúria a sobra de tuas obras;

  6 que uses os perfumes de tua predileção na esfera da apresentação pessoal, segundo o teu gosto, mas sem deixar o próximo em aflitivas necessidades materiais, desprevenido de sabão para a própria limpeza;

  7 que frequentes as diversões dignas, conforme a permissão de tua consciência, tanto quanto puderes, mas sem esquecer de levar, sempre que possível, algumas horas de alegria aos lares em sofrimento.


8 Em verdade, não consegues liquidar os problemas e provações que vergastam a Terra mas podes e deves cooperar com a Lei do Senhor, na extensão da bondade e do socorro, na área de tua própria existência.

9 Deus nos dá o máximo de bênçãos. Saibamos dar, pelo menos, o mínimo de nossas possibilidades.

10 Deus nos dá tudo. Aprendamos a dar, pelos menos, um pouco.


.Albino Teixeira


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir