Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Paz e alegria — Autores diversos


7


Meditemos

  1 Respeito, felicidade,

  Afeto e bênçãos, granjeia,

  Quem resguarda a própria boca

  Contra o mal da vida alheia.


  2 Para guardar a alegria

  De nunca desacertar,

  Espera para pedir

  E apressa-te no ajudar.


  3 Não te acomodes à astúcia.

  O braço que arma a esparrela

  Frequentemente é o primeiro

  Que se arroja dentro dela.


  4 No seio das afeições,

  Conserva a paz que abençoa.

  Quem ama efetivamente

  Entende, ajuda e perdoa.


  5 A franqueza fala sempre,

  Com razão ou sem razão,

  Mas a prudência bondosa

  Espera a interrogação.


  6 Não faças da própria vida

  Preguiça, folga ou pilhéria.

  O dia desocupado

  Traz o cartão da miséria.


  7 Desculpa infinitamente

  Aos que te ofertem carinho.

  Quem colhe a graça da rosa

  Recebe igualmente o espinho.


  8 Sê calmo, brando e indulgente,

  Entre as agruras da sorte.

  Diante da consciência

  Nem sempre a força é mais forte.


  9 Evita a sombra da ira,

  Controla a impulsividade.

  A pessoa enfurecida

  É uma fera em liberdade.


  10 No mar revolto da vida

  Não se desvaira, nem teme,

  Quem ama e serve lembrando

  Que Jesus está no leme.


.Casimiro Cunha


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir