Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Chico Xavier: O Primeiro Livro — Autores diversos

Parte II — Chico Xavier: Versos por ele mesmo

5


Eu

1 Minh’alma é como um livro em que se escreve

Poemas de tristeza e de amargura!

Pois Deus só permitiu que eu sempre leve

Por companhia a triste desventura!


2 A minha felicidade é como a neve.

Que cobre os montes cheios de verdura,

E que aos beijos do sol, em tempo breve

Resvala com fragor de grande altura!


3 Minh’alma é a triste imagem do amargor;

Não é mais do que um bloco de granito

Endurecido e bruto. Mas que horror!


4 Viver assim constantemente aflito,

Tendo a alma imergida no negror

Do mistério e nas ânsias do Infinito!


Francisco Xavier


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir