Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Maria Dolores — A própria


27


Por mais luz

  1 Indagas, muita vez, ao mundo em derredor,

  Que fazer por mais luz, ante a Vida Maior,

  Pensando no esplendor do Eterno Lar…

  E a repeti-la sempre, eis que a vida te diz

  Uma palavra só para seres feliz:

  — Perdoar, perdoar…


   2 Para que o homem viva em altos cimos,

  Na cúpula dos bens que usufruímos,

  Desenvolvendo o dom de pesquisar,

  Perdão, em si, é a própria lei da vida,

  Tudo te roga, em torno, alma querida:

  — Perdoar, perdoar…


   3 O chão perdoa a lâmina violenta,

  A fim de produzir o pão que te alimenta

  Na lavoura a brilhar…

  Na madeira de casa, algum machado bronco

  Escutou na floresta o grito de algum tronco:

  — Perdoar, perdoar…


   4 O grão que móis para formar um bolo,

  A lenha que te aquece e te oferta consolo

  No lume a crepitar:

  Do topo da montanha ao poço mais profundo,

  Tudo te ensina sempre, a repetir no mundo:

  — Perdoar, perdoar…


   5 Desse modo, igualmente, alma querida e bela,

  Da existência nobre à vida mais singela,

  Quase ninguém caminha sem errar…

  Ofensas e agressões? É preciso esquecê-las.

  Por mais luz pede o Céu, acendendo as estrelas:

  — Perdoar, perdoar…


.Maria Dolores


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir