Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Coletânea do Além — Autores diversos


49


Sementeira

  1 Mamãe, — pergunta a pequena.

  Contemplando a sementeira,

  Por que razão há marmelos

  Ao lado da pimenteira?


  2 É verdade, Manoelita. —

  Responde a mãe carinhosa,

  — A natureza é cartilha

  Da lição silenciosa.


  3 A origem de cada coisa

  Pertence à sabedoria

  D’Aquele que fez o Sol,

  A Noite, o Luar, o Dia.


  4 Mas notemos no canteiro

  A sugestão que ele encerra

  Duas plantas diferentes,

  Nascidas da mesma terra.


  5 A pimenta, muitas vezes,

  Fere a boca descuidada;

  Ao passo que agrada sempre

  O gosto da marmelada.


  6 E, enquanto a menina ouvia,

  Refletindo, atenciosa,

  A palavra maternal

  Concluía, generosa:


  7 — Nossa existência no mundo,

  Em todos os seus minutos,

  É como o solo amoroso

  Sempre disposto a dar frutos.


  8 Paz, fortaleza, alegria,

  Desencantos e aflição

  Dependem da sementeira

  Na terra do coração.


.João de .Deus


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir