Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Correio fraterno — Autores diversos


42


Ao servir

1 Na sementeira do bem,

Nas linhas da compaixão,

Não te limites a dar

Remédio, agasalho e pão.


  2 Ergue a mensagem fraterna

  Da bondade e da esperança

  E espalha primeiramente

  As bênçãos da confiança.


3 Ajuda com discrição,

Não te comportes a esmo.

A chaga dos semelhantes

Podia estar em ti mesmo.


  4 Recolhe a criança em sombra,

  Relegada ao desalinho,

  Qual se tivesses nos braços

  O corpo de teu filhinho.


5 Escuta os velhos da estrada

Que, por tristes, sofrem mais,

Como se ouvisses pulsando

O coração de teus pais.


  6 Junto a qualquer sofredor,

  Em vez de lamentação,

  Estende amor e alegria,

  Que ele é sempre nosso irmão.


7 Todos somos uns dos outros,

Toda a Terra é nosso lar.

Sê como o raio de sol

Que ajuda sem perguntar.


  8 Não ampares reprovando…

  Toda malícia é cruel.

  Socorro com reprimenda

  É pão recheado a fel.


9 Semeia luz no teu campo…

Não durmas em teu arado…

Seguimos, perante Deus,

Todos juntos, lado a lado.


  10 Se atendes à caridade,

  Não te esqueças, cada dia,

  Que é preciso servir sempre

  Como Jesus serviria.


Casimiro Cunha


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir