Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Cartas do Alto — Autores diversos


22


Diante da sombra

1 Como tratava Jesus aqueles que se lhe revelavam em falsa posição no caminho?

2 Decerto que o Senhor nunca aderiu aos enganos que os vitimavam, entretanto, trazendo-os à justa recuperação com a verdade, jamais deixou de temperar essa mesma verdade com as bênçãos da fé operante e do incomensurável amor.

3 Ele não ignorava que Maria de Magdala jazia possessa de sete demônios, contudo ampara-lhe os sentimentos para que se engrandeça na renúncia santificante.

4 Sabia que Zaqueu se mostrava possuído pela treva da usura, mas convida-o docemente ao serviço do bem de todos.

5 Não desconhecia que Simão Pedro, em certas ocasiões, se entregava, inerme, a perseguidores invisíveis que lhe conturbavam a mente, no entanto fortalece-lhe a confiança, pouco a pouco, nele plasmando um herói de beleza divina.

6 Cientificou-se de que Judas se rendera a tremendas tentações, engodado pelos gênios da exploração política, mas, longe de expulsá-lo, conchega-o, de encontro ao próprio seio, até o perdão incondicional.

7 Reconhecia Saulo de Tarso sob a dominação de entidades cruéis que o fixavam na intolerância e no crime, no entanto ele mesmo lhe levanta o coração às portas de Damasco e dele faz o apóstolo de sua bondade excelsa.

8 Se sabes, pois, onde se ocultam erros e ilusões, não te convertas em falso profeta do Senhor, condenando e fugindo em seu nome.

9 Não te entregues à sombra, mas oferece-lhe a tua luz.

10 Não te confies ao ódio, mas estende-lhe a bênção de teu amor.

11 Se a verdade te clareia o caminho, lembra-te de que não fostes chamado por Jesus para amaldiçoar e destruir e, sim, para abençoar e ajudar; renovar e redimir para a glória do eterno bem. n

.Emmanuel



Reformador — Setembro de 1958.


[1] Segundo consta do original, a página foi recebida em reunião pública da noite de 29/06/1956, em Pedro Leopoldo. Minas Gerais. Não há referência de local. Embora do mesmo autor espiritual a mensagem é diferente da que consta do livro Relicário de luz (“Diante da sombra”) por Espíritos, diversos (FEB, 1962, página 132).


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir