Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Cartilha da Natureza — Casimiro Cunha


80


O incêndio

  1 Elevam-se labaredas…

  O fogo ameaçador

  Foi centelha, mas agora

  É incêndio devorador.


  2 Ninguém lhe conhece a origem

  Obscura, nebulosa,

  Ninguém sabe onde se oculta

  A mão rude e criminosa.


  3 A fogueira continua

  Buscando mais alto nível,

  Aumentando de extensão

  Quanto ganha em combustível.


  4 Estalam antigos móveis,

  Prossegue a destruição;

  Em torno anseio infinito,

  Amarga desolação.


  5 Língua rubra, formidanda,

  Varre agora a cumeeira.

  Toda a casa se esboroa…

  Sob a ação dessa fogueira.


  6 Desdobra-se o nobre esforço

  De amparar e socorrer,

  A bondade põe-se em campo,

  Ciosa do seu dever.


  7 Entretanto, embora o auxílio

  Dos trabalhos de emergência,

  A nota predominante

  É o carvão da experiência.


  8 Assim é o mal neste mundo:

  A princípio, sem que doa,

  Envolve a perversidade

  Em forma de coisa à-toa.


  9 Depois, é o braseiro extenso,

  O furor incendiário,

  Que atinge distância enorme

  Com a lenha do comentário.


  10 Vigia-te a cada instante,

  Atende, pensa, examina!

  Todo incêndio começou

  Na fagulha pequenina.


.Casimiro Cunha


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir