Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Antologia dos Imortais — Autores diversos — 2ª Parte


52

Leopoldo Brígido


ALVORADA

  1 “Morto! Morto!…” — inda escuto. O coração dorido 1 n

  E o pensamento em fogo — a vida que me resta…

  Meu corpo dorme exangue a derradeira sesta

  De quem tudo esqueceu no supremo gemido.


  2 Levanto-me, porém, jubiloso e aturdido.

  Tenho outra forma em luz — alma acordada em festa —, n

  A esperança é a canção que a alegria me empresta…

  “Vivo! Vivo!…” — respondo ao choroso alarido. 8


  3 Entretanto, ninguém ouve a fé que me nutre.

  No quarto, o desespero — pavoroso abutre,

  Insufla-me visões de cinzas, sombra e nada!…


  4 Insisto, brado, clamo, ansioso e descontente,

  Mas, de súbito, enxergo outro mundo e outra gente n

  No celeste esplendor da Sublime Alvorada…


LEOPOLDO Vóssio BRÍGIDO dos Santos — Poeta de vastos recursos, crítico literário de finos dotes, veio L. Brígido para o Rio com 19 anos de idade, aí tendo colaborado em vários jornais, como A Semana, O Paiz, a Gazeta de Notícias, etc. Funcionário da Fazenda, chegou ao posto de subdiretor do Tesouro Nacional. “Tradutor inteligente e delicado,” — Fernando Góes o afirma (Pan. V, página 254) — “verteu para o português um famoso poema de Dante Gabriel Rossetti, The Blessed Damozel, que inspirou a Debussy uma das suas mais belas melodias — La Damoiselle Élue”. Esta e outras traduções colocam-no “entre os melhores tradutores da poesia simbolista universal no Brasil”, declarou-o A. Muricy (Pan. Mov. Simb. Bras., III, pág. 256), que considerou LB um “poeta de instrumento delicado, num sincretismo discreto de parnasianismo predominante e de simbolismo não formal”. (Itapipoca, Ceará, 17 de Janeiro de 1876 — Rio de Janeiro, Gb, 24 de Agosto de 1947.)

BIBLIOGRAFIA: Poemas do Tempo.



[1] 1-8— Dois exemplos de epizeuxe.

[2] outra forma em luz. O poeta se refere ao seu corpo espiritual, “alma acordada em festa”, que se levanta deixando o veículo de carne a dormir exangue a derradeira sesta.

[3] Poliptoto: “…outro mundo e outra gente”.


(Psicografia de Waldo Vieira)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir