Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Através do Tempo — Autores diversos


16

Aos “Obreiros da Boa Vontade”

1 Meus irmãos:

Jesus nos abençoe.

A obra do Senhor conta com servidores de todas as latitudes, tendências e direções.


2 Alguns somente cooperam em tarefas que lhes agradem.

São os obreiros caprichosos.


3 Outros não colaboram, se a multidão dos amigos não lhes observa os esforços.

São os obreiros vaidosos.


4 Alguns ajudam, segundo as circunstâncias do tempo.

São os obreiros inconstantes.


5 Vários comparecem, a fim de reparar as contribuições alheias.

São os obreiros levianos.


6 Diversos colaboram indicando os defeitos dos companheiros.

São os obreiros escarnecedores.


7 Muitos auxiliam, quando há benefícios imediatos.

São os obreiros oportunistas.


8 Não poucos surgem no serviço, reclamando as vantagens para o seu círculo pessoal.

São os obreiros egoístas.


9 Grande parte intervém no trabalho, discutindo direitos e prioridades, privilégios e favores para si ou para aqueles que se lhes façam simpáticos.

São os obreiros apaixonados.


10 Inúmeros aparecem nos quadros da ação, enganando o tempo e menosprezando-o, recebendo sem dar, desfrutando sem retribuir e absorvendo a luz e a benção sem irradiá-las.

São os obreiros infelizes.


11 Mas, o Mestre glorifica-se nos cooperadores que não cogitam de prerrogativa e remuneração, que servem onde, como e quando determina a sua Vontade Sábia e Soberana.

São os “Obreiros da Boa Vontade”.


.André Luiz



(Psicografada em 29/10/1949 no Centro Espírita Luiz Gonzaga, na cidade de Pedro Leopoldo, M. G.)


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir