Bíblia do Caminho Testamento Xavieriano

Abrigo — Emmanuel


4

Na sementeira da vida

1 Descerra, o santuário da própria mente ao fulgor da Luz Espiritual que nos clareou a inteligência, a fim de que possas semear um novo destino à distância das sombras.


2 O pensamento é o embrião de toda a lavoura do Espírito e 3 do Espírito dimanam todas as leis e todas as forças que garantem a excelsitude da vida e o equilíbrio do Cosmos.

4 Nossa mente é a matriz dos valores destinados à nossa plantação de dons inefáveis para a imortalidade.


5 Toda colheita obedecerá a sementeira, tanto quanto as nossas realizações se expressarão, onde estivermos, segundo pensarmos.

6 Arroja da lâmpada viva da ideia os raios de amor que possam trazer, em teu benefício, o Amor que preside os mecanismos do Universo.

7 Não esperes uma galeria de triunfo entre os homens para emitir a força silenciosa que te reajustará o caminho.

8 Toda viagem começa de um passo. Toda caridade encontra início na gentileza.


9 Aprendamos a semear mentalmente, renovando-nos para o Supremo Bem.

10 Lancemos pensamentos de paz e bondade, compreensão e auxílio, ao redor de nós mesmos.

Não te limites, porém, a pensar.

11 Traduze a harmonia do campo interior, através da palavra e do serviço, mobilizando a palavra construtiva na plantação de conhecimento superior e movimentando as mãos no cultivo da fraternidade.

12 A luz que nos orienta a estrada evolutiva deve partir da estática da beleza para a dinâmica da ação.


13 Cristo, o Mestre dos Mestres, guardou, acima de tudo, a mente nos desígnios do Pai e Criador, desdobrando-se no ideal de servir, sustentando o verbo e os braços na construção do Bem sem limites.

14 Se estamos esposando o Evangelho por abençoado roteiro de nossa peregrinação para os altiplanos da vida, esqueçamos o mal que nos tem perturbado a romagem, para fixar nossos melhores propósitos no ensinamento do Cristo, a fim de nos convertermos em instrumento para a sua excelsa extensão.


.Emmanuel


Citação parcial para estudo, de acordo com o artigo 46, item III, da Lei de Direitos Autorais.

.

Abrir