Bíblia do Caminho Testamento Kardequiano

A Gênese.

(Édition Française)

AS PREDIÇÕES SEGUNDO O ESPIRITISMO.

Capítulo XVII.


PREDIÇÕES DO EVANGELHO.

     Ninguém é profeta em sua terra. (1, 2.) — Morte e paixão de Jesus. (3-9.) — Perseguição aos apóstolos. (10-13.) — Cidades impenitentes. (14.) — Ruína do Templo e de Jerusalém. (15-21.) — Maldição aos fariseus. (22, 23.) — Minhas palavras não passarão. (24-26.) — A pedra angular. (27, 28.) — Parábola dos vinhateiros homicidas. (29, 30.) — Um só rebanho e um só pastor. (31, 32.) — Advento de Elias. (33, 34.) — Anúncio do Consolador. (35-42.) — Segundo advento do Cristo. (43-46.) — Sinais precursores. (47-58.) — Vossos filhos e vossas filhas profetizarão. (59-61.) — Juízo final. (62-67.)


ADVENTO DE ELIAS.

33. — Então, seus discípulos lhe perguntaram: Por que, pois, dizem os escribas ser preciso que antes venha Elias?

Jesus lhes respondeu: É certo que Elias tem de vir e que restabelecerá todas as coisas. Mas, eu vos declaro que Elias já veio e eles não o conheceram; antes o trataram como lhes aprouve. É assim que farão morrer o Filho do Homem.

Então, seus discípulos compreenderam que era de João Batista que ele lhes falara. (São Mateus, capítulo XVII, vv. 10 a 13.)


34. — Elias já voltara na pessoa de João Batista. Seu novo advento é anunciado de modo explícito. Ora, como ele não pode voltar, senão tomando um novo corpo, aí temos a consagração formal do princípio da pluralidade das existências. (O Evangelho segundo o Espiritismo, capítulo IV, n.° 10.)


.

Abrir