Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Provérbios    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 30

(Versículos e sumário)

30 Palavras do que congrega, filho do que arrevesa sabedoria. Visão que expôs um varão, com quem está Deus, e que tendo sido confortado pela assistência de Deus que reside nele, disse: [Obs . Vide outras traduções desse versículo]

2 Eu sou o mais insensato dos homens, e a sabedoria dos homens não está comigo.

3 Eu não aprendi a sabedoria, e não conheci a ciência dos santos.

4 Quem subiu ao céu, e desceu dele? Quem reteve o vento nas suas mãos? quem atou as águas como num vestido? quem firmou toda a extensão da terra? qual é o seu nome, e qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?

5 Toda a palavra de Deus é purificada ao fogo; ele é um escudo para os que esperam nele.

6 Não acrescentes nada às suas palavras, para não seres por isso repreendido, e achado mentiroso.

7 Duas coisas são as que te pedi; não mas negues antes que morra.

8 Alonga de mim a vaidade, e as palavras de mentira; não me dês nem a pobreza, nem as riquezas; dá-me somente o que for necessário para viver;

9 Para que não suceda que, estando farto, seja eu tentado a te renunciar, e dizer: Quem é o Senhor? Ou que, constrangido da indigência, me ponha a furtar, e viole por um juramento o nome de meu Deus.

10 Não acuses o servo diante do seu senhor, para que não suceda amaldiçoar-te ele, e caíres tu.

11 Há uma progênie, que amaldiçoa a seu pai, e que não abençoa a sua mãe.

12 Há uma progênie, que crê de si que é pura, e contudo ela não está limpa das suas manchas.

13 Há uma progênie, cujos olhos são altivos, e as suas pálpebras levantadas para cima.

14 Há uma progênie, que em lugar de dentes tem espadas, e mastiga com os seus queixais, para devorar os que não têm nada na terra, e que são pobres entre os homens.

15 Duas são as filhas da sanguessuga, que dizem: Traze, traze. Há três coisas, que são insaciáveis, e uma quarta que nunca diz: Basta.

16 O inferno, e a boca da madre, e a terra, que se não farta de água; do mesmo modo o fogo nunca diz: Basta.

17 Quanto ao olho do que escarnece de seu pai, e do que despreza a paridura de sua mãe, arranquem-nos os corvos, que andam à borda das torrentes, e comam-no os filhos da águia.

18 Três coisas me são dificultosas de entender, e uma quarta eu a ignoro inteiramente;

19 O caminho da águia no ar, o caminho da cobra sobre a pedra, o caminho da nau no meio do mar, e o caminho do homem na sua mocidade.

20 Tal é também o caminho da mulher adúltera, a qual come, e alimpando a sua boca, diz: Eu não fiz mal nenhum.

21 A terra estremece com três coisas, e a quarta não a pôde ela suportar;

22 Com um escravo, quando este reinar; com um insensato, quando estiver farto de comer;

23 Com uma mulher odiosa, quando um homem a receber; e com uma escrava, quando esta vier a ficar herdeira de sua senhora.

24 Quatro coisas há na terra, que são muito pequenas, e que são mais sábias do que os mesmos sábios.

25 As formigas, aquele fraco povo, que faz o seu provimento durante a messe;

26 Os coelhos, aquela débil tropa, que faz a sua habitação nos rochedos;

27 Os gafanhotos, que não têm rei, e que todavia saem todos ordenados em seus esquadrões;

28 O lagarto, que se sustém nas suas mãos, e que mora no palácio dos reis.

29 Há três coisas, que andam bem, e uma quarta que nada magnificamente;

30 O leão, o mais forte dos animais, de nada que encontre terá medo;

31 O galo, que anda mui senhor de si; e o carneiro; e um rei, a quem nada resiste.

32 Tal homem há que pareceu um insensato, depois que foi elevado a uma sublime ordem; porque se ele tivesse tido inteligência, teria posto a mão na sua boca.

33 Aquele que com força espreme a teta para tirar leite, faz sair dela um suco crasso; e aquele que excita a ira produz discórdias.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir