Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Nehemias    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 13

(Versículos e sumário)

13 Naquele dia leu-se no volume de Moisés ouvindo o povo; e achou-se escrito nele que os Ammonitas e os Moabitas não deviam entrar jamais na igreja de Deus;

2 Porque não tinham vindo a receber os filhos de Israel com pão e água; e porque assalariaram a Balaão, para os amaldiçoar; mas o nosso Deus converteu a maldição em bênção.

3 Sucedeu pois, que quando ouviram a lei, separaram de Israel todos os estrangeiros.

4 E isto era encarregado ao sacerdote Eliasib, que havia sido intendente do tesouro da casa do nosso Deus, e se tinha aparentado com Tobias.

5 Fez ele pois para si uma câmara grande, e ali estavam ante ele os que depositavam os donativos, e o incenso, e os vasos, e os dízimos do trigo, do vinho, e do azeite, as porções dos levitas, e dos cantores, e dos porteiros, e as primícias sacerdotais.

6 E em todo este tempo não me achei em Jerusalém, porque no ano trinta e dois de Artaxerxes rei de Babilônia vim eu ter com o rei, e no cabo dos dias supliquei ao rei.

7 E voltei para Jerusalém e soube do mal que Eliasib tinha cometido por servir a Tobias, fazendo-lhe um aposento nos átrios da casa de Deus.

8 E o mal me pareceu em extremo grande. E deitei os móveis da casa de Tobias fora da câmara;

9 E ordenei que se purificassem os aposentos; o que assim se fez;  e reconduzi para ali os vasos da casa de Deus, as oferendas; e o incenso.

10 Soube também que os quinhões dos levitas não lhes foram dados; e que cada um dos levitas e dos cantores, e dos que serviam no templo, tinham fugido para o seu país.

11 E tratei a causa contra os magistrados, e lhes disse: Porque deixamos nós a casa de Deus? E os congreguei, e os fiz ficar nas suas estâncias.

12 E todo o Judá trazia para os celeiros os dízimos do trigo, do vinho e do azeite.

13 E nós estabelecemos por intendentes dos celeiros a Selemia sacerdote, e a Sadoc escriba, e a Fadaia dentre os levitas, e com eles a Hanan filho de Zaccur, filho de Mathanias; porque se tinham achado fiéis, e se lhes tinham confiado as porções de seus irmãos.

14 Lembra-te de mim, Deus meu, por estas coisas, e não apagues as boas obras, que eu fiz na casa do meu Deus, e a respeito das suas cerimônias.

15 Naquele tempo vi em Judá homens, que pisavam nos lagares ao sábado, que carretavam molhos, e que carregavam sobre os jumentos vinho, e uvas, e figos, e toda a casta de cargas, e que as traziam a Jerusalém em dia de sábado. E eu lhes ordenei expressamente, que vendessem nos dias em que era lícito vender.

16 E os Tírios moravam na cidade e traziam peixe; e todas as coisas de venda; e as vendiam em Jerusalém aos filhos de Judá nos sábados;

17 E repreendi aos magnatas de Judá, e lhes disse: Que maldade é esta que cometeis, profanando o dia de sábado?

18 Não é isto o mesmo que fizeram nossos pais, e nosso Deus fez cair toda esta calamidade sobre nós e sobre esta cidade? E vós aumentais sua ira sobre Israel violando o sábado?

19 Sucedeu pois, que quando começavam as portas de Jerusalém a estarem em descanso no dia de sábado, disse que fechassem as portas, e mandei que as não abrissem até passado o sábado; pus a alguns de meus criados às portas para que ninguém fizesse entrar carga alguma em dia de sábado.

20 E os negociantes, e os que traziam para vender toda a casta de coisas de venda, ficaram uma ou duas vezes fora de Jerusalém.

21 E eu lhes protestei, e lhes disse: Porque vos pondes defronte tão perto dos muros? Se outra vez fizerdes tal far-vos-ei castigar, portanto daquele tempo em diante não tornaram mais no sábado.

22 E ordenei também aos levitas que se purificassem, e que viessem guardar as portas, e santificar o dia de sábado; e por isso lembra-te de mim, Deus meu, e perdoa-me segundo a multidão das tuas misericórdias.

23 E naquele mesmo tempo vi eu Judeus que se casavam com mulheres d’Azot, d’Ammon, e de Moab.

24 E seus filhos falavam meia língua Azótica, e não podiam falar Judio, e falavam conforme a linguagem destes dois povos.

25 E eu os repreendi e amaldiçoei. E castiguei alguns deles, e lhes fiz rapar os cabelos, e os fiz jurar por Deus, que não dariam suas filhas aos filhos dos estrangeiros, e não tomariam filhas estrangeiras para seus filhos, nem para si mesmos, dizendo:

26 Não é assim que pecou Salomão rei de Israel? E certamente não havia rei semelhante a ele entre todos os povos, e ele era amado do seu Deus, e Deus o tinha constituído rei sobre todo o Israel; e contudo as mulheres estrangeiras o fizeram cair no pecado.

27 Porventura também nós desobedientes faremos este tão grande mal, que prevariquemos contra o nosso Deus, e nos casemos com mulheres estrangeiras?

28 E dentre os filhos de Joiada, filho de Eliasib sumo sacerdote, havia um, que era genro de Sanaballat Horonita, a quem afugentei.

29 Senhor Deus meu, lembra-te contra aqueles que mancham o sacerdócio, e o direito sacerdotal e levítico.

30 Eu os purifiquei pois de todos os estrangeiros, e restabeleci a ordem dos sacerdotes e dos levitas, cada um no seu ministério;

31 E na oblação da lenha nos tempos assinados, e na oferenda das primícias. Lembra-te de mim, Deus meu, para usares comigo de misericórdia. Amém.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir