Antigo Testamento | Josué - Capítulo 2

Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Josué    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 2

(Versículos e sumário)

2 Enviou pois Josué filho de Nun secretamente desde Setim dois espias e lhes disse: Ide, e reconhecei bem a terra e a cidade de Jericó. Eles partiram e entraram em casa de uma mulher prostituta, por nome Rahab, e pousaram em sua casa.

2 E deu-se notícia ao rei de Jericó, e foi-lhe dito: Olha que entraram aqui de noite uns homens dos filhos de Israel, para reconhecer a terra.

3 Mandou pois o rei de Jericó dizer a Rahab: Faze sair esses homens, que vieram a ti, e entraram em tua casa; porque são espias, e vieram reconhecer toda a terra,

4 Mas a mulher tomando os homens, os escondeu, e disse: Confesso que eles vieram a minha casa; mas eu não sabia de onde eram.

5 E quando se fechava a porta, sendo já escuro, saíram eles ao mesmo tempo, e não sei para onde foram. Ide após eles depressa, e encontrá-los-eis.

6 Ela porém tinha feito subir os homens ao terraço da sua casa, e os tinha coberto com a palha de linho, que ali havia.

7 E os que tinham sido enviados, os foram seguindo pelo caminho, que conduz ao vau do Jordão; e logo que eles saíram se fechou a porta.

8 Ainda os homens, que estavam escondidos, não tinham pegado no sono, eis que subiu a eles a mulher, e lhes disse:

9 Eu sei que o Senhor vos tem entregado a terra; porque o terror do vosso nome se apoderou de nós, e todos os habitantes da terra desanimaram.

10 Nós ouvimos que o Senhor secou as águas do mar Vermelho à vossa entrada, quando saístes do Egito; e o que tínheis feito aos dois reis dos Amorreus, que estavam da banda d’além do Jordão; a Sehon e a Og, os quais matastes.

11 E quando isto ouvimos tivemos grande medo, e o nosso coração desmaiou, e não ficou alento em nós à vossa entrada; porque o Senhor vosso Deus, esse mesmo é o Deus lá em cima no céu, e cá em baixo na terra.

12 Agora pois jurai-me por este Senhor, que usareis com a casa de meu pai da mesma misericórdia, de que eu usei convosco; e que me dareis um sinal seguro,

13 De que salvareis a meu pai e a minha mãe, a meus irmãos e a minhas irmãs, e a tudo o que for deles, e livrareis as nossas almas da morte.

14 Eles lhe responderam: A nossa alma seja por vós até à morte, contanto que tu nos não faças traição; e quando o Senhor nos entregar este país, usaremos contigo de misericórdia e de verdade.

15 Ela pois os fez descer por uma corda pela janela; porque a sua casa estava pegada com o muro.

16 E disse-lhes: Subi para a montanha, não suceda que eles vos encontrem quando voltarem; e deixai-vos lá estar escondidos três dias até que eles tornem, e depois tomareis o vosso caminho.

17 Eles lhe responderam: Nós seremos inocentes no tocante a este juramento, que tu nos fizeste dar;

18 Se quando nós entrarmos nesta terra, estiver por sinal este cordão de escarlata, e o atares à janela, por onde nos fizeste descer. Se tiveres recolhido em tua casa a teu pai e a tua mãe, e a teus irmãos e a toda a tua parentela.

19 Se algum sair da porta de tua casa, o seu sangue cairá sobre a sua cabeça e nós ficaremos sem culpas, mas o sangue de todos os que estiverem contigo em tua casa cairá sobre a nossa cabeça, se algum os tocar.

20 Porém se tu nos quiseres fazer traição, e publicares isto que te dizemos, ficaremos desobrigados deste juramento, com que tu nos conjuraste.

21 E ela respondeu: Faça-se assim, como vós dissestes; e deixando-os partir, pendurou o cordão de escarlata à sua janela.

22 E eles andando chegaram aos montes, e lá se deixaram estar três dias, até que voltaram os que iam em seu seguimento; porque estes, tendo-os buscado por todo o caminho, não os acharam.

23 E depois que eles entraram na cidade, os espias, tendo descido do monte, deram volta; e passado o Jordão, chegaram a Josué filho de Nun, e lhe contaram tudo o que lhes havia acontecido,

24 E disseram-lhe: O Senhor entregou todo este país nas nossas mãos, e todos os seus habitantes estão consternados de medo.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir