Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Isaías    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 66

(Versículos e sumário)

66 eis aqui o que diz o Senhor: O céu é o meu trono e a terra é o escabelo de meus pés. Que casa é essa que vós me haveis de edificar para mim? e que lugar é esse do meu descanso?

2 Todas estas coisas fez a minha mão e todas elas geralmente foram feitas, diz o Senhor. Para quem olharei eu pois senão para o pobrezinho, e quebrantado de espírito e que treme dos meus discursos?

3 O que imola um boi é como o que mata a um homem; o que sacrifica uma rês é como o que deita os miolos fora a um cão; o que oferece oblação é como o que oferece sangue de porco; o que se lembra de queimar incenso, é como o que bendiz a um ídolo. Todas estas coisas gostaram eles de fazer andando nos seus caminhos e a sua alma se deleitou nas suas abominações.

4 Por onde também eu farei gosto de zombar deles, e farei vir sobre eles o que temiam, porque eu chamei, e não havia quem me respondesse; falei e não me deram ouvidos; e fizeram o mal diante de meus olhos, e escolheram o que eu não quis.

5 Ouvi a palavra do Senhor, os que tremeis à sua palavra; os vossos irmãos, que vos aborrecem, e que vos rejeitam por causa do meu nome, vos disseram: Seja glorificado o Senhor, e nós o reconheceremos na vossa alegria. Mas estes tais serão confundidos.

6 Voz do povo vinda da cidade, voz vinda do templo, voz do Senhor, que dá o pago a seus inimigos.

7 Antes que tivesse dor de parto, pariu; antes que chegasse o seu parto, deu à luz um filho varão.

8 Quem jamais ouviu tal? e quem viu coisa semelhante a esta? produzirá acaso a terra o seu fruto num dia? ou parir-se-á dum jato uma nação inteira, porque Sião esteve de parto e deu à luz os seus filhos?

9 Eu pois que faço parir os outros, não parirei eu mesmo? diz o Senhor; eu que dou aos outros à fecundidade, ficarei acaso estéril? diz o Senhor teu Deus.

10 Alegrai-vos como Jerusalém, e exultai nela todos vós os que a amais! Regozijai-vos com ela de prazer todos universalmente os que chorais sobre ela,

11 Para que mameis e vos vejais fartos ao peito da sua consolação; para que chupeis, e nadeis nas delícias de toda a sua multiplicada glória!

12 Porque o Senhor diz isto; eis aqui estou eu que derivarei sobre ela um como rio de paz, e uma como torrente que inunde a glória das gentes, a qual vós chupareis, aos peitos sereis levados, e sobre os joelhos vos acariciarão.

13 Do modo que uma mãe acaricia o seu filhinho, assim vos consolarei eu, e em Jerusalém sereis consolados.

14 Vós o vereis e folgará o vosso coração, e os vossos ossos como erva brotarão, e conhecer-se-á a mão do Senhor, a favor de seus servos, e ele se indignará contra seus inimigos.

15 Porque eis-aí virá o Senhor no fogo, e as suas quadrigas como um torvelinho; para desafogar em recompensa com indignação o seu furor, e a sua increpação com labaredas de fogo.

16 Porque o Senhor com fogo e armado da sua espada, julgará discernindo toda a carne e serão muitos os que ficarão mortos pelo mesmo Senhor,

17 Aqueles que se santificavam e se tinham por limpos nos jardins detrás da porta no interior da casa, os que comiam carne de porco, e abominação, e ratos; serão todos juntos consumidos, diz o Senhor.

18 Mas eu venho a recolher as obras deles, e os seus pensamentos; com todas as gentes e línguas; e eles comparecerão todos e verão a minha glória.

19 E porei neles um sinal, e os que dentre eles forem salvos, eu os enviarei às gentes de além mar, à África, e à Lídia, cujos povos atiram com setas; à Itália e à Grécia, às ilhas que demoram em distância longínqua, àqueles que não ouviram falar de mim, nem viram a minha glória. E eles anunciarão a minha glória às gentes,

20 E farão vir todas os vossos irmãos convocados de todas as nações como um presente para o Senhor, trazidos em cavalos, e em quadrigas, e em liteiras, e em machos, e em carretas, ao meu santo monte de Jerusalém, diz o Senhor, como se os filhos de Israel trouxessem um presente num asseado vaso à casa do Senhor.

21 E eu escolherei dentre eles para sacerdotes, e levitas, diz o Senhor.

22 Porque bem como durarão os novos céus, e a nova terra, que eu faço subsistir diante de mim, diz o Senhor; assim subsistirá a vossa posteridade, e o vosso nome.

23 E as festas dos primeiros dias dos meses se mudarão noutras festas de cada mês, e o sábado noutro sábado; toda a carne virá para fazer as suas adorações diante da minha face, diz o Senhor.

24 E eles sairão, e verão os cadáveres dos homens, que prevaricaram contra mim; o seu verme não morrerá, e o seu fogo não se extinguirá; e servirão de espetáculo a toda a carne até ela se fartar de ver semelhante objeto.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt.


.

Abrir