Bíblia do Caminho Antigo Testamento

Deuteronômio    † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 24

(Versículos e sumário)

24 Se um homem tomar uma mulher, e a tiver consigo, e ela não for agradável a seus olhos por causa de algum defeito vergonhoso fará um escrito de repúdio, e lho dará na mão e a despedirá de sua casa.

2 E se ela depois de ter saído casar com outro,

3 E este também a aborrecer, e lhe der escrito de repúdio, e a despedir de sua casa, ou se ele veio a morrer;

4 Não poderá o primeiro marido torná-la a tomar por mulher; porque ela ficou poluta, e se fez abominável diante do Senhor; não sofras que se contamine a tua terra, que o Senhor teu Deus te dará em possessão.

5 O homem que for casado de pouco tempo, não sairá à guerra, nem se lhe imporá cargo algum público; mas poderá sem culpa alguma estar descansado em sua casa, e passar um ano em alegria com sua mulher.

6 Não receberás em lugar de penhor nem a mó de cima, nem a de baixo; porque te deu por penhor a sua própria vida.

7 Se se achar que um homem arrebatou a um seu irmão dos filhos de Israel, e tendo-o vendido recebeu o preço, será morto, e tu tirarás o mal do meio de ti.

8 Evita com sumo cuidado que não incorras na praga da lepra, mas farás tudo o que os sacerdotes da linhagem de Levi te ensinarem, conforme o que eu lhes mandei, e cumpre-o à risca.

9 Lembrai-vos do que o Senhor vosso Deus obrou a respeito de Maria no caminho depois que vós saístes do Egito.

10 Quando requereres do teu próximo alguma coisa que ele te deve, não entrarás em sua casa para dela levares algum penhor;

11 Mas estarás fora, e ele te trará o que tiver.

12 Mas se ele é pobre, não pernoitará em tua casa o penhor,

13 Porém lho tornarás a dar antes de se pôr o sol, a fim de que ele dormindo na sua roupa, te abençoe, e tu tenhas merecimento de justo diante do Senhor teu Deus.

14 Não negarás a paga a teu irmão indigente, e pobre, ou ao peregrino, que mora contigo na terra, e está de tuas portas a dentro;

15 Mas pagar-lhe-ás no mesmo dia o preço do seu trabalho antes do sol posto, porque é pobre, e disso sustenta a sua vida; não suceda que ele clame contra ti ao Senhor, e isto se te impute a pecado.

16 Não se farão morrer os pais pelos filhos, nem os filhos pelos pais, mas cada um morrerá pelo seu pecado.

17 Não perverterás a justiça na causa do estrangeiro, nem do órfão; nem tirarás por penhor o vestido da viúva.

18 Lembra-te que foste escravo no Egito, e que o Senhor teu Deus te tirou de lá. Por isso te mando que faças isto.

19 Quando segares a messe no teu campo, e deixares por esquecimento alguma gavela, não voltarás para a levares; mas deixá-la-ás tomar ao estrangeiro, e ao órfão, e à viúva, para que o Senhor teu Deus te abençoe em todas as obras das tuas mãos.

20 Se colheres o fruto das oliveiras, não voltarás a colher o que ficasse nas árvores; mas deixá-lo-ás para o estrangeiro, para o órfão, e para a viúva.

21 Se tiveres vindimado a tua vinha, não irás colher os cachos que ficaram; eles serão para o estrangeiro, para o órfão, e para a viúva.

22 Lembra-te que também tu foste escravo no Egito, e por isso te mando que faças isto.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; A Hebrew - English Bible — JPS 1917 Edition; La Bible bilingue Hébreu - Français — “Bible du Rabbinat”, selon le texte original de 1899; Parallel Hebrew Old Testament by John Hurt


.

Abrir