Bíblia do Caminho — Antigo Testamento ©

<< (Website) (Website>>

1º Livro de Samuel e

 

CAPÍTULO 9

 

Saul buscando as jumentas de seu pai, vai ter com Samuel, que o hospeda. (N. do T.)

 

9 Havia pois um homem na tribo de Benjamim por nome Cis, filho de Abiel, filho de Seror, filho de Bechorath, filho de Afia, filho dum homem de Jemini, alentado em força.

2 E ele tinha um filho chamado Saul, escolhido e bom; e não havia entre os filhos de Israel outro melhor do que ele; desde o ombro para cima sobressaía a todo o povo.

3 Tinham-se perdido umas jumentas de Cis, pai de Saul, e disse Cis a Saul, seu filho: Toma contigo um criado, e diligente vai, e busca as jumentas. Tendo eles atravessado o monte de Efraim,

4 E o território de Salisa, e não as tendo achado, recorreram também ao termo de Salim, e tampouco as acharam; e o mesmo pela terra de Jemini, e não as acharam.

5 Quando eles porém chegaram à terra de Suph, disse Saul para o criado que levava consigo: Vem e voltemos, não suceda estar já meu pai com mais cuidado em nós, do que nas jumentas.

6 O criado lhe disse: Adverte, nesta cidade há um homem de Deus, varão famoso; tudo o que ele diz, sucede assim infalivelmente; vamo-lo pois buscar agora, a ver se ele nos dá alguma luz sobre o negócio que aqui nos trouxe.

7 E Saul disse ao seu criado: Vamos lá. Mas que levaremos nós ao homem de Deus? acabou-se já o pão que trazíamos em os nossos alforjes, e não temos dinheiro, nem outra coisa que oferecer ao homem de Deus.

8 E de novo respondeu o criado a Saul, e disse: Eis-aqui um quarto dum siclo de prata, que por acaso achei na mão, demo-lo ao homem de Deus, para que nos encaminhe em nossa jornada.

9 (Antigamente em Israel todo o que ia consultar a Deus dizia assim: Vinde, e vamos ao Vidente. Porque aquele que hoje se chama Profeta, se chamava então Vidente.)

10 E Saul respondeu ao seu criado: Dizes muito bem, anda, vamos. E foram à cidade, onde residia o homem de Deus.

11 E quando eles subiram pela costa da cidade, encontraram umas raparigas que saíam a buscar água, e lhes disseram: Está aqui o Vidente?

12 Elas respondendo-lhes, disseram: Aqui está. Ei-lo aí tens diante, vai depressa; porque ele veio hoje à cidade, porquanto hoje é o sacrifício do povo no alto.

13 Ao entrar na cidade, achá-lo-eis antes que suba ao alto para comer. Nem o povo comerá, menos que ele não tenha vindo; porque ele é o que benze a hóstia, e depois comem os que foram convidados. Subi pois agora, porque hoje o achareis.

14 Subiram eles pois à cidade. E quando passavam pelo meio dela apareceu Samuel que se encontrou com eles para subir ao alto.

15 Ora o Senhor tinha revelado a Samuel a vinda de Saul, um dia antes que ele chegou, dizendo:

16 Amanhã a esta mesma hora te enviarei eu um homem da tribo de Benjamim, e tu o ungirás para chefe do meu povo de Israel; e ele salvará o meu povo da mão dos Filisteus; porque eu olhei para o meu povo, pois os seus clamores chegaram a mim.

17 E pondo Samuel os olhos em Saul, o Senhor lhe disse: Eis-aí o homem, que eu te disse, este reinará sobre o meu povo.

18 Saul pois se chegou a Samuel no meio da porta, e disse: Peço-te que me digas, onde é a casa do Vidente.

19 E Samuel respondeu a Saul, dizendo: Eu sou o Vidente; sobe diante de mim ao altar, para que comas hoje comigo, e pela manhã te despedirei; e descobrir-te-ei tudo o que tens no teu coração.

20 E pelo que toca às jumentas, que tu perdeste anteontem, não te dê isso cuidado, porque já se acharam. E para quem será tudo o que há de melhor em Israel? Não será porventura para ti e para toda a casa de teu pai?

21 Saul porém respondendo, disse: Acaso não sou filho de Jemini da mais pequena tribo de Israel, e não é a minha família a menor de todas as famílias da tribo de Benjamim? por que me falas tu logo assim?

22 Samuel pois tomando a Saul, e ao seu criado, levou-os para a sala do jantar, e os fez assentar à frente de todos os convidados; que eram perto de trinta pessoas.

23 E Samuel disse ao cozinheiro: Dá cá aquela porção, que eu te dei, e que mandei que guardasses à parte.

24 Tomou pois o cozinheiro a espádua, e a pôs diante de Saul. E Samuel disse: Eis-aí o que ficou, põe-no diante de ti, e come; porque expressamente se reservou para ti, quando convidei o povo. E Saul comeu com Samuel naquele dia.

25 E desceram do alto para a cidade e Samuel falou com Saul no soalheiro, onde fez pôr uma cama a Saul, e este dormiu.

26 E levantando-se pela manhã, e raiando já o dia, chamou a Saul no soalheiro, dizendo: Levanta-te, despachar-te-ei. E levantou-se Saul; e saíram ambos, a saber, ele e Samuel.

27 E quando descendo se acharam no mais baixo da cidade Samuel disse a Saul: Dize ao criado que passe, e vá adiante de nós; e tu demora-te um pouco, para te fazer saber a palavra do Senhor.