Bíblia do Caminho Testamento Redentor

Epístola de S. Paulo aos Romanos  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 14  † 

(Versículos e sumário)

14 Ao que é ainda fraco na fé acolhei-o, não com debates de opiniões.

2 Porque um crê que pode comer de tudo, outro porém que é fraco não come senão legumes.

3 O que come, não despreze ao que não come; e o que não come, não julgue ao que come; porque Deus o recebeu por seu.

4 Quem és tu, que julgas o servo alheio? Poderá estar em pé ou cair, para seu senhor; mas ele estará firme; porque poderoso é Deus para o sustentar.

5 Porque uns fazem diferença entre dia e dia; outros porém consideram iguais todos os dias; cada um conforme seu senso.

6 Quem sabe o dia, para o Senhor o sabe. E o que come, para o Senhor come, porque a Deus dá graça. E o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.

7 Porque nenhum de nós vive para si, e ninguém morre para si.

8 Porque se vivermos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. Portanto quer vivamos ou morramos, sempre somos do Senhor.

9 Porque por isso morreu o Cristo, e ressuscitou para ser Senhor, tanto de mortos como de vivos.

10 Mas tu, por que julgas a teu irmão? Ou, por que desprezas a teu irmão? Pois todos compareceremos ante o tribunal do Cristo;

11 Porque escrito está: Por minha vida, diz o Senhor; diante de mim dobrar-se-á todo joelho; e toda língua louvorá a Deus. ( † )

12 E assim cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.

13 Assim, não mais nos julguemos uns aos outros; antes atentai bem nisto, em não pordes tropeço ou escândalo ao vosso irmão.

14 Eu sei, e estou persuadido no Senhor Jesus, que nada há impuro em si mesmo, senão para aquele que o considera como tal.

15 Pois, se por causa da comida entristeces a teu irmão, já não andas segundo a caridade. Não percas pelo teu manjar àquele por quem o Cristo morreu.

16 Não seja pois o nosso bem uma blasfêmia.

17 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida; mas justiça, e paz, e júbilo no Espírito Santo.

18 E quem nisto serve ao Cristo, agrada a Deus e é aprovado pelos homens.

19 Pelo que sigamos as coisas que são de paz e de edificação, guardemo-las, mutualmente.

20 Não queiras destruir a obra de Deus por causa da comida; todas as coisas na verdade são limpas; mas age mau o homem que, ao comer, faz disso motivo de tropeço.

21 Bom é não comer carne nem beber vinho, nem coisa alguma que for motivo de tropeço para teu irmão, ou que o escandalize ou enfraqueça.

22 Tu tens fé? pois tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova.

23 Mas aquele que possui discernimento, se comer o que não deve, é condenado, porque não come por fé. E tudo o que não é segundo a fé, é pecado.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition, edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir