Bíblia do CaminhoTestamento Redentor

Índice Página inicial Próximo Capítulo

O Evangelho segundo S. Lucas  Ee

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 9

(Versículos e sumário)

Instruções aos Apóstolos  Ee

Mt = Mc

9 Tendo, porém, Jesus convocado os doze apóstolos, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, n e virtude de curar enfermidades.

2 Depois enviou-os a pregar o Reino de Deus, e a curar os enfermos.

3 E disse-lhes: Não leveis coisa alguma pelo caminho, nem bordão, nem alforje, nem pão, nem dinheiro, nem tenhais duas túnicas.

4 Em qualquer casa em que entrardes, ficai aí, e não saiais dela.

5 Quando ninguém vos queiram receber, ao sair dessa cidade, sacudi até o pó dos vossos pés, para servir de testemunho contra eles.

6 Tendo eles saído, andavam de aldeia em aldeia pregando o Evangelho, e fazendo curas em todo o lugar.


Opinião de Herodes sobre Jesus Ee

Mt = Mc

7 Ouvindo Herodes tetrarca todas as coisas que eram feitas por ele ficou perplexo, porque diziam uns: É João que ressurgiu dos mortos;

8 E outros: É Elias que apareceu; e outros: É um dos antigos profetas que ressuscitou.

9 Então lhes disse Herodes: Eu mandei degolar a João, quem é este, de quem eu ouço semelhantes coisas? E buscava ocasião de ve-lo.


A primeira multiplicação dos pães Ee

Mt = Mc = Jo

10 Tendo voltado os apóstolos, lhe contaram tudo quanto haviam feito; Jesus levando-os consigo foi a um lugar deserto, que é do território de Bethsaida.

11 O que ouvindo o povo, foram-no seguindo; Jesus os recebeu, falava-lhes do Reino de Deus e curava os que necessitavam de cura.

12 Ora, o dia já tinha começado a declinar quando chegando a ele os doze lhe disseram: Despede estas gentes, para que indo eles por essas aldeias e granjas das cercanias se alberguem e achem que comer; porque aqui estamos em lugar deserto.

13 Mas Jesus lhes respondeu: Dai-lhes vós de comer. Replicaram eles: Nós não temos mais do que cinco pães e dois peixes, a não ser que devemos ir comprar mantimento para todo este povo.

14 Porque eram quase cinco mil homens. Então disse Jesus a seus discípulos: Fazei-os sentar para comer, em grupos de cinquenta.

15 Eles assim o fizeram, e todos se assentaram.

16 Pegando então os cinco pães e os dois peixes, levantou os olhos ao céu e os abençoou; e partindo-os, distribuiu-os com seus discípulos, para que os pusessem diante do povo.

17 Comeram todos e ficaram fartos. E do que lhes sobejou, recolheram doze cestos de fragmentos.


Quem é o Filho do Homem? A confissão de Pedro Ee

Mt = Mc

18 Aconteceu que, estando ele orando sozinho, reuniram-se a ele os seus discípulos e Jesus lhes perguntou: Que dizem de mim as pessoas?

19 Eles disseram: Uns dizem que sois João Batista, outros que Elias, e outros que ressuscitou algum dos antigos profetas.

20 Então lhes disse Jesus: E vós, quem dizeis que eu sou? Respondendo Simão Pedro, disse: O Cristo de Deus.

21 Ele então advertiu-os, que o não dissessem a ninguém, e preconizou dizendo:

22 É necessário que o Filho do Homem padeça muito, e que seja rejeitado dos anciãos, dos príncipes dos sacerdotes e dos escribas; que seja entregue à morte e que ressuscite ao terceiro dia.


O discípulo do Cristo deve levar a sua cruz Ee

Mt = Mc = Jo

23 E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue a si mesmo, pegue sua cruz cada dia, e siga-me;

24 Porque o que quiser salvar sua alma, virá a perdê-la; e quem perder sua alma por amor de mim salvá-la-á;

25 Porque, que aproveita ao homem granjear todo o mundo, quando perde a si mesmo, e faz dano a si?

26 Porque se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na majestade sua e do Pai e dos santos anjos.

27 Digo-vos em verdade: Há alguns que aqui estão, que não hão de provar a morte, até verem o Reino de Deus.


A transfiguração de Jesus Ee

Mt = Mc

28 Aconteceu que passados quase oito dias depois que disse estas palavras, Jesus levou consigo não só a Pedro, mas a Tiago e a João e subiu a um monte para orar.

29 Enquanto orava, a aparência do seu rosto se alterou e suas vestes se fizeram alvas e refulgentes.

30 Eis que falavam com ele dois varões. Eram Moisés e Elias.

31 Que, com majestosa aparência, lhe disseram que sua partida havia de cumprir-se em Jerusalém.

32 Em verdade, Pedro e os que com ele estavam sentiram pesado sono; mas, vigilantes, viram a majestade dele e dos dois varões que com ele estavam.

33 Aconteceu que ao se afastarem dele, disse Pedro a Jesus: Mestre, é bom nós estarmos aqui, para que façamos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias; não sabendo o que dizia.

34 Quando ele ainda estava falando, formou-se uma nuvem obumbrando-os; e temeram ao penetrarem na nuvem.

35 E saiu uma voz da nuvem, dizendo: Este é o meu filho dileto, ouvi-o!

36 Quando esta voz se fez, Jesus se achava a sós. Eles se calaram e a ninguém disseram naqueles dias coisa alguma das que tinham visto.


A cura de um jovem possesso Ee

Mt = Mc

37 Sucedeu no dia seguinte que descendo eles do monte, veio-lhes ao encontro uma grande multidão de gente.

38 Eis que um homem da turba clamou, dizendo: Mestre, rogo-te, olhe meu filho, porque é o único que tenho;

39 Eis que um Espírito se apodera dele e subitamente dá gritos, cai por terra em convulsão, espumando pela boca, e quase nunca o abandona sem machucá-lo;

40 Pedi a teus discípulos que o expulsassem, e não puderam.

41 Respondendo Jesus, disse: Ó geração infiel e perversa, até quando estarei convosco, e vos sofrerei? Trazei-me aqui esse menino.

42 E quando este ia chegando, o demônio lançou-o por terra e o agitou com violentas convulsões.

43 Mas Jesus ameaçou ao Espírito imundo, curou o menino e o restituiu a seu pai.


Segundo anúncio da Paixão Ee

Mt = Mc

44 Pasmavam-se todos do grande poder de Deus, admirando-se de todas as coisas que fazia. Disse Jesus aos seus discípulos: Ponde nos vossos corações estas palavras: O Filho do Homem há de vir a ser entregue nas mãos dos homens.

45 Mas eles ignoravam estas palavras, que lhes eram veladas, para eles não senti-las; e tinham medo de lhe perguntar acerca delas.


O maior no Reino dos Céus Ee

Mt = Mc

46 Entraram então a cogitar qual deles seria o maior.

47 Mas Jesus vendo o que cogitavam nos seus corações, segurando um menino e pondo-o junto de si, lhes disse:

48 Todo o que receber este menino em meu nome, a mim me recebe; e todo o que me receber a mim, recebe àquele que me enviou. Porque quem for o menor dentre todos vós, esse é o maior.


Em nome de Jesus

Mc

49 Então respondendo João, disse: Mestre, nós vimos a um que expulsava os demônios em teu nome e lho proibimos; porque não te segue conosco.

50 E Jesus lhes disse: Não lho proibais; porque o que não é contra vós, é por vós.


Os samaritanos não recebem a Jesus.  Dois discípulos são repreendidos Ee


51 Aconteceu que sendo chegado o tempo da sua assunção, mostrou ele um semblante intrépido e resoluto para ir a Jerusalém.

52 Enviou adiante de si mensageiros; e indo eles, entraram numa cidade dos samaritanos para lhe prevenirem pousada.

53 E não o receberam, por ele dar mostras de que ia para Jerusalém.

54 Vendo isto, seus discípulos Tiago e João disseram: Senhor, queres que digamos que desça fogo do céu, e que os consuma?

55 Jesus, porém, voltando-se para eles, repreendeu-os, dizendo: Néscios de espírito!

56 O Filho do Homem não veio perder as almas, mas salvá-las. E foram para outra povoação.


Para seguir Jesus Ee

Mt

57 Aconteceu isto: Indo ele pelo caminho, disse-lhe alguém: Seguir-te-ei para onde quer que fores.

58 Respondeu-lhe Jesus: As raposas têm suas covas e as aves do céu têm seus ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça.

59 Para outro disse: Segue-me; e ele lhe disse: Senhor, permite-me que vá primeiro enterrar a meu pai.

60 Jesus lhe respondeu: Deixa que os mortos enterrem os seus mortos; tu, porém, vai e anuncia o Reino de Deus.

61 E disse-lhe outro: Eu, Senhor, seguir-te-ei, mas dá-me licença que eu vá primeiro dispor dos bens que tenho em minha casa.

62 Respondeu-lhe Jesus: Ninguém que põe sua mão no arado e olha para trás, é apto para o Reino de Deus.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition. Edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir