Bíblia do CaminhoTestamento Redentor

Índice Página inicial Próximo Capítulo

Atos dos Apóstolos  Ee

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 20  Ee

(Versículos e sumário)

20 Depois que cessou o tumulto, chamando Paulo aos discípulos e fazendo-lhes uma exortação se despediu deles, e se pôs a caminho para ir a Macedônia.

2 Depois de perambular  pela região e de os ter exortado ali com muitas palavras, veio à Grécia,

3 Onde, havendo estado três meses, lhe foram armadas ciladas pelos judeus, estando ele para navegar para a Síria; e assim determinou voltar pela Macedônia.

4 Acompanhou-o Sópatro de Bereia, filho de Pirro, e dos de Tessalônica Aristarco, e Secundo, e Gaio de Derbe, e Timóteo; e dos da Ásia Tíquico e Trófimo.

5 Estes, tendo partido adiante, nos esperaram em Trôade.

6 E nós, depois dos dias dos asmos, nos fizemos à vela desde Filipos, e fomos em cinco dias ter com eles a Trôade, onde nos detivemos sete.

7 No primeiro dia da semana, quando estávamos reunidos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, disputava com eles, prolongando seu discurso até à meia-noite.

8 Havia muitas lâmpadas no cenáculo, onde estávamos congregados.

9 E um mancebo, por nome Eutico, que estava assentado sobre uma janela, tomado de profundo sono, enquanto Paulo ia prolongando o seu discurso, vencido pelo sono, caiu do terceiro andar da casa e foi julgado morto.

10 Para socorrê-lo, havendo Paulo descido, deitou-se sobre ele, e tendo-o abraçado, disse: Não vos perturbeis, porque a sua alma está nele.

11 E subindo, partiu o pão, e comendo ainda lhes falou largamente até que se fez dia, depois disto partiu.

12 Levaram vivo ao mancebo, de que receberam não mui pequena consolação.

13 Nós, porém, subindo num navio navegamos até Asson para recebermos ali a Paulo, pois assim o havia ele disposto, devendo fazer a viagem por terra.

14 Quando encontrou-se conosco em Asson, nós o embarcamos e fomos a Mitilene.

15 E dali, navegando, chegamos no seguinte dia bem defronte de Chio, e no outro aportamos em Samos, e no dia seguinte chegamos a Mileto.

16 Porque Paulo havia determinado passar adiante de Éfeso, por se não demorar na Ásia. Apressava-se pois, se possível lhe fosse, por celebrar em Jerusalém o dia de Pentecostes.

17 E enviando desde Mileto mensageiros a Éfeso, chamou aos anciãos da Igreja.

18 Aos quais, depois de virem ter com ele, e estando todos juntos, lhes disse: Vós sabeis, desde o primeiro dia que entrei na Ásia, de que modo me tenho portado convosco por todo esse tempo,

19 Servindo ao Senhor com toda a humildade, com lágrimas e com tentações, que me sobrevieram pela insídia dos judeus;

20 Como não tenho ocultado nada que vos podia ser útil, mas tenho anunciado a vós, ensinando-vos publicamente e nas vossas casas,

21 Testificando tanto aos judeus quanto aos gentios a penitência para com Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo.

22 E eis que agora, determinado em Espírito, eu vou para Jerusalém, ignorando o que ali me acontecerá,

23 Senão o que o Espírito Santo em todas as cidades me assegura, dizendo que me esperam em Jerusalém prisões e tribulações.

24 Porém eu nada disto temo; nem faço a minha própria vida mais preciosa que a mim mesmo, contanto que acabe minha carreira e o ministério da palavra que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do Evangelho da graça de Deus.

25 E agora eis aqui estou eu, que já sei que não tornareis mais a ver a minha face, todos vós entre os quais passei pregando o Reino de Deus.

26 Portanto, eu vos protesto neste dia, que estou limpo do sangue de todos.

27 Porque não tenho buscado subterfúgio para vos deixar de anunciar toda a disposição de Deus.

28 Atendei, por vós e por todo o rebanho, sobre o que o Espírito Santo vos constituiu bispos, regendes da igreja de Deus, que adquiriu pelo seu próprio sangue.

29 Porque eu sei que depois da minha partida, lobos roubadores entrarão no vosso meio e não pouparão o rebanho.

30 E que dentre vós mesmos se levantarão homens anunciando doutrinas perversas, com o intento de levarem após si muitos discípulos.

31 Portanto vigiai, lembrando-vos que por três anos não cessei, noite e dia, de admoestar com lágrimas a cada um de vós.

32 E agora eu vos encomendo a Deus e à palavra da sua graça, àquele que é poderoso, para edificar e dar-vos herança entre todos os que são santificados.

33 De ninguém cobicei prata e ouro, ou vestimentas,

34 Porque, como vós mesmos sabeis, estas mãos me serviram para as coisas que me eram necessárias a mim, e àqueles que estão comigo.

35 E tudo vos tenho mostrado, que assim trabalhando, convém socorrer os enfermos e lembrar daquelas palavras do Senhor Jesus, quando disse: Mais bem-aventurado é dar que receber.

36 E havendo dito isto, ajoelhando-se, orou com todos eles.

37 Houve grande pranto entre todos, e lançando-se ao pescoço de Paulo o beijavam,

38 Sobremodo dolentes pelo que havia dito, que não tornariam a ver mais a sua face, conduziram-no a bordo.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition. Edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir