Bíblia do Caminho Testamento Redentor

Apocalipse de S. João  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 15

(Versículos e sumário)

15 E vi no Céu outro sinal grande, e admirável, sete anjos que tinham as sete últimas pragas; porque nelas é consumada a ira de Deus.

2 E vi assim um como mar de vidro envolto em fogo, e aos que venceram a besta, e a sua imagem, e número do seu nome, que estavam sobre o mar de vidro, tendo cítaras de Deus;

3 E cantavam eles o cântico do servo de Deus Moisés, ( † ) e o cântico do cordeiro, dizendo: Grandes e admiráveis são as tuas obras, ó Senhor Deus Todo-Poderoso; justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó rei dos séculos.

4 Quem te não temerá, Senhor, e quem não engrandecerá o teu nome? porque só tu és piedoso; em consequência do que todas as nações virão e se prostrarão na tua presença, porque os teus juízos foram manifestados.

5 E depois disto olhei, e eis que vi que o templo do tabernáculo do testemunho se abriu no Céu;

6 E os sete anjos, que traziam as sete pragas, saíram do templo, vestidos de linho puro e branco, e cingidos pelos peitos com cintas de ouro.

7 Então um dos quatro animais deu aos sete anjos sete cálices de ouro, cheios da ira de Deus, que vive pelos séculos dos séculos.

8 E o templo se encheu de fumo pela majestade do Deus e da sua virtude; e ninguém podia entrar no templo, enquanto se não cumprissem as sete pragas dos sete anjos.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition, edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir