Bíblia do Caminho Testamento Redentor

Apocalipse de S. João  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 12

(Versículos e sumário)

12 Apareceu outrossim um grande sinal no Céu: Uma mulher vestida do sol, que tinha a lua debaixo de seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.

2 E estando pejada, clamava com as dores de parto que a atormentavam;

3 E foi visto outro sinal no Céu; e eis aqui um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez cornos; e nas suas cabeças sete diademas.

4 E a cauda dele arrastava a terça parte das estrelas do céu, e as fez cair sobre a terra, e o dragão parou diante da mulher, que estava para parir; a fim de tragar ao seu filho, depois que ela o tivesse dado à luz.

5 E deu à luz um filho varão, que havia de reger todas as gentes com vara de ferro; e seu filho foi arrebatado para Deus, e para o seu trono,

6 E a mulher fugiu para o deserto, onde tinha um retiro, que Deus lhe havia preparado, para nele a sustentarem por mil e duzentos e sessenta dias.

7 Então houve no Céu uma grande batalha; Miguel, e os seus anjos pelejavam contra o dragão e o dragão com os seus anjos pelejavam contra ele.

8 Porém estes não prevaleceram, nem o seu lugar se achou mais no Céu.

9 E foi precipitado aquele grande dragão, aquela antiga serpente, que se chama o diabo e satanás, que seduz a todo o mundo; sim, foi precipitado na terra, e precipitados com ele os seus anjos.

10 E ouvi uma grande voz do Céu, que dizia: Agora foi estabelecida a salvação, e a fortaleza, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque foi precipitado o acusador de nossos irmãos, que os acusava de dia e de noite diante do nosso Deus.

11 E eles o venceram pelo sangue do cordeiro, e pela palavra do seu testemunho e não amaram as suas vidas até à morte.

12 Por isso, ó céus, alegrai-vos, e vós os que habitais neles. Ai da terra e do mar, porque o diabo desceu a vós cheio duma grande ira, sabendo que lhe resta pouco tempo.

13 E o dragão depois que se viu precipitado na terra, começou a perseguir a mulher que tinha dado à luz o filho macho.

14 E foram dadas à mulher duas asas de uma grande águia, para voar para o deserto, ao lugar do seu retiro, onde é sustentada um tempo, dois tempos e a metade dum tempo, fora da presença da serpente.

15 E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para fazer que ela fosse arrebatada da corrente.

16 Porém a terra ajudou a mulher, e abriu a terra e sua boca e engoliu o rio, que o dragão tinha vomitado da sua boca.

17 E o dragão se irou contra a mulher; e foi fazer guerra aos outros seus filhos, que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.

18 E deixou-se estar sobre a areia do mar.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition, edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir