Bíblia do Caminho Testamento Redentor

1ª Epístola de S. Paulo aos Tessalonicenses  † 

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 2

(Versículos e sumário)

2 Porque vós mesmos sabeis, irmãos, que nossa ida até vós não foi infrutuosa.

2 Antes, havendo padecido e tolerado afrontas (como sabeis) em Filipos, tivemos fé em nosso Deus, para vos pregar o Evangelho de Deus com muita solicitude.

3 Porque nossa exortação não foi ao erro, nem à imundícia, nem ao dolo.

4 Mas, assim como fomos aprovados por Deus para que se nos confiasse o Evangelho, assim falamos, não como para agradar a homens, senão a Deus, que prova os nossos corações.

5 Jamais usamos de linguagem aduladora, como sabeis; tampouco a pretexto de ganância: Deus é testemunha;

6 Nem buscando humana glória, nem vossa, nem doutrem.

7 Podendo, como apóstolos do Cristo, ser-vos gravosos, fizemo-nos, todavia, párvulos no meio de vós, como uma mãe que amima a seus filhos.

8 Assim, desejávamos ansiosamente entregar-vos não só o Evangelho de Deus, mas também nossas próprias almas: porquanto nos fostes muito amados.

9 Porque estais lembrados, irmãos, dos nossos labores e fadigas; trabalhando noite e dia, para não sermos gravosos a nenhum de vós, pregamos entre vós o Evangelho de Deus.

10 Vós sois testemunhas, e Deus, quão santa e justamente, e sem querela, fomos a vós que crestes;

11 Assim como sabeis de que (como um pai a seus filhos), a cada um de vós,

12 Vos admoestávamos e consolávamos; e somos testemunha de que andastes dignamente perante Deus, que vos chamou ao seu reino e glória.

13 É por isso que, sem cessar, nós também damos graças a Deus; porque quando recebestes de nós a palavra audível de Deus, recebeste-as, não como palavra de homens, mas (segundo é verdade) como palavra de Deus, que obra em vós, os que crestes.

14 Porque vós de fato, irmãos, sois imitadores das Igrejas de Deus em Jesus Cristo que estão na Judeia; porquanto, também vós, igualmente haveis padecido dos vossos concidadãos, como eles dos judeus;

15 Que também mataram ao Senhor Jesus e aos profetas, e são nossos perseguidores, e não agradam a Deus, e são adversários de todos os homens;

16 Proibindo-nos falar aos gentios, para que sejam salvos, de tal modo que ampliam sempre seus pecados; chegou, pois, a ira de Deus sobre eles até o fim.

17 Nós, porém, irmãos, privados de estar convosco por algum tempo, presencialmente, não de coração, tanto mais nos temos apressado, com muito desejo, de vos rever pessoalmente.

18 Pelo que quisemos ir ter convosco; eu, Paulo, na verdade qui-lo uma que outra vez, mas Satanás no-lo impediu.

19 Porque, qual é a nossa esperança, ou gáudio, ou coroa de glória? Porventura não sois vós perante nosso Senhor Jesus Cristo na sua vinda?

20 Certamente vós sois nossa glória e júbilo.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação. Veja também: A versão Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition, edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir