Bíblia do CaminhoTestamento Redentor

Índice Página inicial Próximo Capítulo

1ª Epístola de S. João  Ee

(Vulgatæ Editionis)

CAPÍTULO 4  Ee

(Versículos e sumário)

4 Caríssimos, não creiais a todo o Espírito, mas provai se os Espíritos são de Deus; porque são muitos os falsos profetas, que se levantaram no mundo;

2 Nisto se conhece o Espírito que é de Deus; todo o Espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne, é de Deus;

3 E todo o Espírito que divide a Jesus, não é de Deus, mas este tal é o Anticristo, do qual vós tendes ouvido que vem, e ele agora está já no mundo.

4 Vós, filhinhos, sois de Deus, e vós o vencestes, porque o que está em vós outros, é maior que o que está no mundo.

5 Eles do mundo são; por isso falam do mundo, e o mundo os ouve.

6 Nós outros somos de Deus. Quem conhece a Deus, ouve-nos; o que não é de Deus, não nos ouve; nisto conhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.

7 Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque a caridade vem de Deus. E todo o que ama, é nascido de Deus e conhece a Deus.

8 Aquele que não ama, não conhece a Deus; porque Deus é caridade.

9 Nisto é que se manifestou a caridade de Deus para conosco, em que Deus enviou a seu Filho unigênito ao mundo, para que nós vivamos por ele.

10 Esta caridade consiste nisto: Em não termos nós sido os que amamos a Deus, mas em que ele foi o primeiro que nos amou a nós, e enviou a seu Filho como vítima de propiciação pelos nossos pecados.

11 Caríssimos, se Deus nos amou assim; devemos nós também amarmo-nos uns aos outros.

12 Nenhum jamais viu a Deus. Se nós nos amamos mutuamente, permanece Deus em nós, e a sua caridade é em nós perfeita.

13 No em que nós conhecemos que estamos nele e ele em nós; é em nos ter feito participantes do seu Espírito.

14 E nós vimos, e nós testificamos, que o Pai enviou a seu Filho para ser o Salvador do mundo.

15 Todo aquele pois que confessar que Jesus é Filho de Deus, permanece Deus nele, e ele em Deus.

16 E nós temos conhecido e crido a caridade que Deus tem por nós. Deus é caridade; e assim aquele que permanece na caridade, permanece em Deus e Deus nele.

17 Por isso foi consumada em nós a caridade de Deus, para que tenhamos confiança no dia do juízo; pois como ele mesmo é, assim somos nós outros neste mundo.

18 Na caridade não há temor; mas a caridade perfeita lança fora ao temor, porque o temor anda acompanhado de pena, e aquele que teme não é perfeito na caridade.

19 Portanto, amemos nós a Deus, porque Deus nos amou primeiro.

20 Se algum disser pois, eu amo a Deus, e aborrecer a seu irmão, é um mentiroso. Porque aquele que não ama a seu irmão a quem vê, como pode amar a Deus a quem não vê?

21 E nós temos de Deus este mandamento: Que o que ama a Deus, ame também a seu irmão.



Há imagens desse capítulo, visualizadas através do Google - Pesquisa de livros, nas seguintes bíblias: Padre Antonio Pereira de Figueiredo edição de 1828 | Padre João Ferreira A. d’Almeida, edição de 1850 | A bíblia em francês de Isaac-Louis Le Maistre de Sacy, da qual se serviu Allan Kardec na Codificação.

Veja também as seguintes versões: Corrigida e revisada, fiel de Almeida; Novum Testamentum Graece 28th revised edition. Edited by Barbara Aland and others; Parallel Greek New Testament by John Hurt


.

Abrir